Brookhaven National Laboratory/ Flickr CC

A National Solar Power criou uma competição para cidades do Sudeste americano. Qual será a premiação? Ser a cidade da “maior fazenda solar do mundo”.

As candidatas ficam nos estados da Flórida, Geórgia e Carolina do Norte. As cidades que disputam a usina terão que mostrar terrenos disponíveis, mão de obra qualificada, apoio da comunidade e, claro, incentivos fiscais.

Quem ganhar, vai  esperar cerca de 6 anos para ver a usina pronta gerando 400MW – o mesmo que uma hidroelétrica pequena/média, embora 34 vezes menos que Itaipu. Para isso serão utilizadas 20 fazendas com 200 acres cada uma, somando mais de 16 km² de área total.

A empresa diz que o projeto vai gerar 400 empregos durante os anos de construção e 120 após a conclusão do projeto. Serão investidos US$1,4 bilhões na usina que deve abastecer cerca de 32 mil famílias.

 
Veja outros artigos por e escreva também para o eco4planet!
  • Esse negocio ta ERRADO…
    Os governos deveriam subsidiar a venda do sistemas de geração de energia verde para os usuários finais e estes deveria ser agregados em cada residencia, isso evitaria até mesmo investimentos em redes de transmissão e endividamento dos consumidores, poderia até ser uma fonte de renda…
    Reflita você, porque isso nunca é proposto…

  • Que interessante, com os dados da matéria, com uma pesquisa rápida na internet e alguns cálculos básicos, percebi que uma usina solar com a mesma capacidade de geração de Itaipu (14000MW) poderia ocupar uma área quase 3 vezes menor à do lago de Itaipu pra gerar a mesma quantidade de energia. E o mais interessante é que não é necessário transformar áreas enormes em usinas solares. Por que não aproveitar as superfícies dos telhados das casas nas cidades???

    • Tem razão.

      O Lago da Usina de Itaipu tem 1.350Km² e geração de 14.000MW, enquanto a Usina Solar desta matéria ocupa 16Km² com capacidade de 400MW, portanto precisaria de 560Km² para produzir o mesmo que Itaipu (área quase 60% menor).

      Fonte adicional: http://pt.wikipedia.org/wiki/Lago_de_Itaipu

  • Lucas

    Este argumento pode ser usado também contra a construção de Belo Monte… Apesar do alto investimento, acredito que os benefícios de curto, médio e longo prazo se justificam. Não desmata, não destroi ecosistemas, não desapropria, não atrapalha a reprodução dos peixes…. nao depende de chuva… e por ai vai… So não entendi uma coisa… cada familia teria o equivalente a 1/2 metro quadrado… é isso mesmo?!

    eco4planet para você para empresas
 
Quem somos
Na mídia
FAQ
Contato
Home page
Busca padrão
Como divulgar
Anuncie (mediakit)
Embedded
 
 
©2008-2017 eco4planet | Privacidade
©2008-2017 eco4planet | Privacidade