Inércia seria mais eficaz contra óleo no mar

O governo dos Estados Unidos e a empresa British Petroleum, dona do poço, estão sob pressão da opinião pública para acelerar o fim do vazamento.

Talvez tivesse sido melhor para o meio ambiente e não ter feito nada com a enorme mancha de petróleo no Golfo do México, exceto deixá-la “à vontade” no mar, disseram cientistas britânicos.

Biólogos e ambientalistas marinhos disseram temer que a operação agressiva de limpeza, na qual o óleo recolhido é queimado e dispersantes químicos são jogados no mar, pode ser mais nociva ao meio ambiente do que o vazamento propriamente dito.

Casos anteriores sugerem que deixar que o óleo se disperse e evapore naturalmente é melhor a longo prazo, embora seja uma opção considerada politicamente inviável, disseram os cientistas.

“Um dos problemas deste vazamento é que passou de uma arena ambiental para a arena econômica e política, então se você perguntar quão ruim isso é, depende de qual perspectiva você está usando”, disse Martin Preston, especialista em poluição marinha e em ciências da Terra e dos oceanos, da Universidade de Liverpool.

“Economicamente é claro que o impacto foi muito grande, mas ambientalmente ainda não se sabe. Uma das tensões entre meio ambiente e política é que os políticos não podem dar a impressão de que não fazem nada, mesmo que às vezes não fazer nada seja a melhor opção.”

Os cientistas disseram a jornalistas em Londres que o vazamento, iniciado em 20 de abril com a explosão e naufrágio de uma plataforma petrolífera, não é por enquanto uma catástrofe ambiental.

O governo estima que o vazamento no poço submarino chegue a 9,5 milhões de litros por dia. Uma grande parte do petróleo ainda está solto no mar, mas uma parte começa a se dirigir para a costa sul dos Estados Unidos, onde os frágeis manguezais da Louisiana já foram as regiões mais afetadas.

O governo dos Estados Unidos e a empresa British Petroleum, dona do poço, estão sob pressão da opinião pública para acelerar o fim do vazamento. O óleo causa graves prejuízos aos setores turístico e de pesca, e a população ficou horrorizada com as imagens de aves e outros animais encharcados de óleo.

Christoph Gertler, da Universidade Bangor, que tem estudado vários produtos potenciais para vazamentos de petróleo, disse que relatórios da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos sugeriram que os dispersantes estavam “mudando a natureza do óleo em um caminho muito desfavorável”, tornando mais difícil sua decomposição por bactérias marinhas naturais.

E você, o que pensa a respeito disso?

*Via Info.

facebook-profile-picture
 

é o criador do eco4planet, formado em Administração de Empresas pela USP, desenvolvedor e gamer. Otimista nato, calmo por natureza, acredita que informação pode mudar o mundo e que todo pequeno gesto vale a pena.

Posta também no Twitter e Facebook.
Veja outros artigos por e escreva também para o eco4planet!
  • Ricardo Corrêa

    O mundo inteiro espera que estes cientistas conceituem, então, o que seria uma catástrofe ambiental. Ora, o próprio presidente Barack Obama veio a público dizer que não existe na história dos Estados Unidos tamanho desastre, nem de longe, registrado. A inércia que estamos vendo é do mundo, que assiste a este tenebroso episódio passivamente. Quem sabe se esta mancha chegasse ao palácio de bukingan e regasse seus jardins esse governo, que tanto matou pessoas pelo mundo, tomasse alguma providência eficaz. Será que a água que a rainha bebe tem um pouco desse óleo parasitado em águas centra-americanas?

    • Aline Silva

      Caro Ricardo, você está contestando cientistas que passam anos de suas vidas estudando o meio ambiente. Essas são as MAIS INTERESSADAS no assunto. Inúmeros estudos, no mundo inteiro, são realizados para se encontrar a melhor saída para esses casos. Então, antes de contestar entenda que essa é MAIS UMA ESTUDO/HIPÓTESE/OPÇÃO, que seria para uma situação a longo prazo e que as atitudes de agora não estaria contribuindo para a própria ação das bactérias degradantes. Não estou avaliando O ESTUDO/HIPÓTESE/OPÇÃO em si, nem dizendo que essa seria sim a melhor, mas essa é uma matéria para mostrar um outro lado, um outro método, e se for do seu interesse procurar saber mais dos métodos e daí avaliar qual seria o mais apropriado em sua opinião. E por favor, não vamos entrar em méritos de guerras, porque muitos países tem teto de vidro, inclusive o EUA,. Ou o Iraque, o Afeganistão, e o próprio EUA não tiveram seus mortos…

  • Paulo Reis

    Achei muito estranho até agora o nosso governo não ter criticado duramente os EUA por esse vazamento.
    Será que com essas perfurações na costa brasileira e no pré sal, estamos tambem sujeitos a catástrofes como esta ?

    • Vane

      Prezado Paulo, não existe exploração de Petroléo sem poluição ambiental e riscos de catástofres.

  • Renata Idargo

    só lamento….

  • Aysha

    é absurdo pensar que em um país como o nosso não podem haver desastres assim, ou que não haverão desastres assim. nossa única esperança é que os executivos da petrobras tenham aprendido alguma coisa com isso.

  • Danilo Esdras

    efeitos dessa magnitude merecem atenção especial, mas como tomar medidas viáveis quando estão envolvidos valores capitalistas? eles vingem que querem resolver o problema quando na verdade pensam somente nos lucros que podem ter, negligenciando o impacto ambiental, você ja parou pra pensar o quanto se movimenta nessas seções de limpeza nos mares? é de certa forma uma alternativa de ganhar mais dinheiro.

    eles vão querer interromper esse quadro? ou continuar lucrando?

    interromperão sim, mas só quando os danos economicos pra eles forem realmente significativos!

  • erlones

    não fazer nada?!!! eu acredito que esta solução é mais favorável ecônomicamente, pois a Empresa BP não teria que queimar neurônios atrás de soluções para um problema mundial… e quem sabe se as soluções descobertas não poderiam ajudar outras companhias futuramente?

    agora que este vazamento esta demorando para se achar uma medida esta!

    @erlonBR

  • Kalyl

    1º, analisando o que foi dito por cientistas com especialidade em meio ambiente/oceanos/áreas do meio ambiente, faz sentido essa hipótese da inércia, uma vez que para dispersão do petróleo (uma enorme e complexa cadeia de compostos aromáticos e ramificações) é possível que os dispersantes utilizados (compostos com alto poder de oxidação/dissociação/poder de quebra de ligações) podem e claro, geram resíduos mais difíceis de serem degradados pela microbiota da região. Tendo em vista a geração de compostos ainda mais tóxicos, não seria então melhor "deixar como está" ao invés de aumentar a concentração de compostos químicos? O que se tem aqui é a falsa idéia de que o que mata é a cor preta que vemo flutuando, quando na verdade é cada molécula microscopica que causa o verdadeiro estrago. Dispersante é como o nome fala ele DISPERSA ele não ELEMINA os compostos do petroleo, quem faz isso são os microorganismos do ambiente.
    2º, se vocês acham que não é do interesse deles por conta de lucros, deixe-me fazer uma observação (não sou nenhum expert financeiro) quando se tem um "escandalo" a nivel mundial desses, vocês se fosse investidores da empresa não iriam retirar todo o investimento feito nela? ou deixariam seus nomes associados a uma empresa que "mata o meio ambiente", justo nos tempos atuais onde preservar o meio ambiente é "moda", vocês acham mesmo que eles não estão perdendo lucros? Garanto que estão, já que outras empresas do ramo (PETROBRAS) concerteza irão se aproveitar dessa situação e atrais mais investimentos com o slogan "invistam em nós, aqui nada vaza e nada explode"…

  • TIRSO

    SEM COMENTÁRIOS… SÓ INDIGNAÇÃO!!!

  • Rebeca♥♥♥♥

    Aff meu olha como o mundo ta ficando tmb ninguem colabora e fica reclamando , cupa as pessoas gente , se cupem DEUS criou o mundo perfeito e pq vcs estão destruindo agora tenha santa paciencia ja foi ta acabando o mundo , eu estou fazendo um trabalho de ciencias e parei para ver os sites tanta indignação tanta sujeira tan ta poluição ajudem a cuidar mais do planeta
    obrigada♥♥

    eco4planet para você para empresas
 
Quem somos
Na mídia
FAQ
Contato
Home page
Busca padrão
Como divulgar
Anuncie (mediakit)
Embedded
 
 
©2008-2017 eco4planet | Privacidade
©2008-2017 eco4planet | Privacidade