O material (re) utilizado pela Greca
Botões com pequenos defeitos deixam de ir para o lixo e, com técnica e criatividade, ganham novas vidas / Fotos: Divulgação

Analisando rapidamente, reciclar botões não parece algo de muita importância. Mas quando percebemos a quantidade de resíduos gerados por uma fábrica do segmento e a dificuldade de reutilização do material, podemos entender o criativo papel da marca argentina Greca.

Trabalhando com botões que seriam descartados como lixo, a empresa cria pulseiras, incríveis colares e até vasos de plantas usando o material.

Colares
Enfileirados, Agrupados e até amotoados, os botões ganham forma e se transformam em correntes coloridas.

Para empresa, quatro são os pilares que a sustenta:

• O material: a resina de poliéster,
• O logotipo|: que é botão,
• O compromisso: com o meio ambiente e
• A contribuição: através do reciclado.

O ponto de partida, então, é a situação do material utilizado. A resina de poliéster é, como diversos plásticos, oriunda do petróleo, mas tem um diferencial agravante: ao contrário da maioria, é difícil de fundir para reutilizar este material, o que o transforma facilmente em resíduo.

Objetos
Vasos de planta, objetos de decoração e luminárias são algumas possibilidades de peças feitas com o material reciclado.

Trabalhando diretamente com os botões descartados por indústrias (com pequenos defeitos), a Greca se dedica a reutilizar em grande escala, tal qual é o descarte. Criando novas funções para o produto, a empresa atingiu um misto de cuidado com os recursos naturais e lucratividade.

Artesanalmente ou para grandes produções, a Greca atua tanto com peças individuais, como atendendo demandas estéticas e produtivas de um grande trabalho, produzindo de anéis à revestimentos.

A marca Greca
Recebendo o material direto das fábricas, a proposta da marca é conseguir acompanhar o descarte do material, confeccionando novas peças em similar escala.

A Greca também incentiva algumas boas ideias dentro do seu trabalho e entre seus clientes, tais como:

• Nada de pacotes: escolher produtos com menos embalagem ou materiais recicláveis é uma ótima opção, por isso a empresa oferece ao cliente, um chaveiro (também feito com material reciclado) no lugar de embalagens.
• Sacos retornáveis: Devolver a sacola e não pedir sacos de plásticos, reaproveitando os que já existirem.
• Baixo consumo: Usar lâmpadas de baixo consumo de energia que são muito mais econômicas e limpas.
• Pilhas recarregáveis: reduzir o consumo de produtos tóxicos e muito abrasivos como pilhas, optando por baterias recarregáveis.
• Papel: reutilizar o papel para anotações e impressões poupando,a ssim, as árvores.
• Mova-se: mudar hábitos é fundamental para mudar o comportamento, utilizar o transporte público ou bicicleta economiza tempo, dinheiro e recursos naturais.

*Via EcoDesenvolvimento.

  • Anderson

    \o/

  • SHOW a ideia.. gostei muito, são pequenas coisas q se tornam gigante.. e o pior, muito das vezes passa despercebido…

    vlwsss

  • Macky

    Pequenas atitudes, fazem um mundo melhor… Comecemos faze-las em nosso dia-a-dia ;D

  • Efigênia Oliveira

    Creio que o resíduo a partir de pequenos objetos, precisa ganhar o interesse de ambientalistas e empreendedores. Não é difícil perceber que no cotidiano, inúmeras caixas, frascos e embalagens como café, biscoitos, caixas de leite, de xampus, margarina, creme dental e tantos outros, são problemas insolúveis, até darmos destino seguro que não seja necessariamente o lixão. Sabemos que as garrafas pet servem para construir paredes, muros, cercados. Que tal se essas garrafas utilizadas, fossem recheadas por estes resíduos? É uma forma intligente de absorver o lixo, de um jeito seguro. Abriria frentes de trabalho para adolescentes…

  • Que ideia original…….

    eco4planet para você para empresas
 
Quem somos
Na mídia
FAQ
Contato
Home page
Busca padrão
Como divulgar
Anuncie (mediakit)
Embedded
 
 
©2008-2017 eco4planet | Privacidade
©2008-2017 eco4planet | Privacidade