g100-ecod

Apenas uma empresa brasileira, a Natura, integra a tradicional lista The Global 100, que contempla as companhias com as melhores práticas de sustentabilidade corporativa. O levantamento da Corporate Knights, publicação canadense especializada em responsabilidade social e desenvolvimento sustentável, foi divulgado na quarta-feira, 21 de janeiro.

Anunciado todos os anos durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos (Suíça), o ranking criado em 2005 seleciona empresas de todos os setores com base em 12 indicadores principais: energia, emissões de carbono, consumo de água, resíduos sólidos, capacidade de inovação, pagamentos de impostos, relação entre o salário médio do trabalhador e o do CEO, planos de previdência corporativos, segurança do trabalho, percentual de mulheres na gestão e o chamado “bônus por desempenho”.

Este último procura identificar se a remuneração dos executivos está, de alguma forma, atrelada ao desempenho de sustentabilidade empresarial. Para a publicação, esse tipo de bonificação ajuda a estimular as boas práticas.

 

Energia

A líder do ranking é a empresa norte-americana Biogen, do ramo de biotecnologia. Fundada em 1978, ela desenvolve medicamentos para pessoas com doenças neurodegenerativas, problemas hematológicos e autoimunes.

Segundo a Corporate Knights, a Biogen se destaca por fazer um consumo mais eficiente de energia do que a maioria das 171 empresas do seu setor, além de empreender esforços notáveis para reduzir o gasto com água. Atualmente, a empresa consome 66% menos água do que em 2006.

A brasileira Natura aparece na 44ª posição.

As dez primeiras colocadas são:

  1. Biogen Idec – Estados Unidos – Biotecnologia – 73,5%
  2. Allergan – Estados Unidos – Farmacêutica – 72,8%
  3. Adidas – Alemanha – Têxtil – Vestuário e Artigos de Luxo – 72,6%
  4. Keppel Land – Singapura – Gestão Imobiliária e Incorporação – 71,3%
  5. Kesko – Finlândia – Alimento e Varejo – 70,0%
  6. Bayerische Motoren Werke (BMW) – Alemanha – Automotiva – 69,2%
  7. Reckitt Benckiser Group – Reino Unido – Produtos domésticos – 68,8%
  8. Centrica – Reino Unido – Multi Utilidades – 68,5%
  9. Schneider Electric – França – Equipamentos elétricos – 68,4%
  10. Danske Bank – Dinamarca – Bancos 68,4%

Por EcoD

    eco4planet para você para empresas
 
Quem somos
Na mídia
FAQ
Contato
Home page
Busca padrão
Como divulgar
Anuncie (mediakit)
Embedded
 
 
©2008-2017 eco4planet | Privacidade
©2008-2017 eco4planet | Privacidade