Há dois meses quando publicamos um artigo de origem portuguesa que questionava quão verde seria a troca de veículos movidos a combustão por veículos elétricos, de fato esperávamos levantar uma questão importante e agora essa nova pesquisa parece encerrar o assunto com um veemente: não, carros elétricos não poluem mais que os carros atuais – muito pelo contrário!

Energia não surge do nada. Uma frota de carros elétricos teria de ser abastecida primordialmente por usinas de força. E nesse ponto há críticos que discutem: se os automóveis deixassem de queimar combustível fóssil, mas demandassem muito mais usinas de gás, carvão, nucleares e hidrelétricas (com todo o impacto ambiental que cada uma delas causa), haveria mesmo vantagem ecológica?

Um colunista do Dvice resolveu fazer uma conta própria, tendo como exemplo os Estados Unidos, onde metade da eletricidade vem da queima de carvão. Considerando 25 kWh como carga padrão, suficiente para mais de 100 km de autonomia, multiplcado pelos 250 milhões de carros americanos, seriam necessários 6 bilhões de kWh. Se cada bateria for recarregada 100 vezes ao ano, batemos nos 600 bilhões de kWh anuais.

Os EUA atualmente produzem 4 trilhões de kWh, portanto essa capacidade teria de ser aumentada em pelo menos 15%. Se todos esses 600 bilhões de kWh adicionais fossem produzidos exclusivamente por novas usinas de carvão (a mais poluente das alternativas), elas iriam emitir 544 milhões de toneladas de CO² a mais na atmosfera.

É muita poluição, sem dúvida, só que o Dvice estima que os 3,3 bilhões de barris de gasolina consumidos pelos americanos em 2008 produziram 1,3 bilhão de toneladas de CO², mais que o dobro da estimativa baseada no carvão. Quando considerarmos fontes limpas como a solar e a eólica, a vantagem dos elétricos fica ainda maior.

Fonte: Fiatmio

facebook-profile-picture
 é o criador do eco4planet, formado em Administração de Empresas pela USP, desenvolvedor e gamer. Otimista nato, calmo por natureza, acredita que informação pode mudar o mundo e que todo pequeno gesto vale a pena. Posta também no Twitter e Facebook.
Veja outros artigos por e escreva também para o eco4planet!
  • valmor silveira junior

    Acho muito importante a busca de alternativas para diminuir o consumo e de energia e reduzindo a poluição em função das usinas. Com certeza o investimento em equipamentos para a utilizar a energia eolica e solar seria muito evidente para melhorarmos nossa situação…. obrigado

    valmor silveira junior 3° periodo de fisioterapia

  • aninha……..

    quanto um carro eletrco polui mmenos que um carro normal?
    achei o assunto bem interessante…………….

  • Copiam tanta coisa idiota por aí! Basta ir para Alemanha, República Tcheka (nas menores cidades) e copiar o sistema deles. Acaba com a sacolinha gratuita! Faz com que o consumidor pague caso queira se utilizar delas! Pronto! Quero ver quem não vai querer economizar um pouquinho trazendo sacolas de casa! Além disso tem a sugestão do plástico biodegradável, conforme os colegas acima! Não estão pensando no bem estar da natureza, nem nas pessoas que moram na cidade… O problema é que, com essas decisões, vão levar todos pro buraco conforme a natrueza resolve cobrar a sua parte!

  • leocamp

    Não se pode esquecer que apesar da poluição não diminuir do modo como esperamos, ela não estaria concentrada nas cidades. O que aumentaria de uma forma incrível a qualidade de vida, principalmente nas grandes cidades.

  • Pingback: Elétrico ultracompacto Renault Twizy está liberado para rodar nas cidades brasileiras | eco4planet()

  • Pingback: “O carro elétrico é mais caro e polui mais?” | eco4planet()

    eco4planet para você para empresas
 
Quem somos
Na mídia
FAQ
Contato
Home page
Busca padrão
Como divulgar
Anuncie (mediakit)
Embedded
 
 
©2008-2017 eco4planet | Privacidade
©2008-2017 eco4planet | Privacidade