Um dos bairros mais “caros” do Brasil, o Morumbi (São Paulo), sofre um problema sério. Falta de tratamento de esgoto. Por conta do governo e também pela má vontade de administradoras e moradores.

Entenda: os prédios da região do Panamby possuem rede coletora de esgoto, mas a Sabesp não fez a tubulação que deveria levar essa porcariada a um centro de tratamento. O problema maior é que já existe um plano de reforma desde a década de 90, justamente para colocar esses canos.

Mas a região do Morumbi tem também cerca de 570 conexões irregulares de esgoto que vão parar diretamente no rio. A diferença é que, nesses casos, só falta os prédios ligarem seus esgotos aos canos da Sabesp.

Depois da reportagem da Folha, esperamos que isso aconteça logo.

 
Veja outros artigos por e escreva também para o eco4planet!
  • É lamentável; muito se fala em São Paulo sobre a parcela de culpa da população a respeito da poluição dos rios Pinheiros e Tietê: não jogar lixo na rua, etc. etc. Mas quando a prefeitura da cidade e o governo do Estado dão esse tipo de exemplo, as pessoas simplesmente não conseguem levar a sério. No final, todos saem perdendo.

  • SalomãoSS

    É uma boa hora para revisar o código de posturas/zoneamento do município, de modo a conceder incentivos para que os novos empreendimentos não sofram do mesmo "defeito". Condomínios maiores poderiam inclusive contar com mini-estações de tratamento que aproveitassem os gases do esgoto em decomposição como combustível, para gerar energia suplementar e calor.

  • Eduardo

    Porque ninguém da Sabesp não faz nada????????????????????

    • Heaven

      Provavelmente politicagem. A maioria das pessoas de classe alta, como as que moram no Morumbi, possuem grande influência.

  • Heaven

    Lamentável essa situação. Se o Fantástico mostrar, eles farão algo na hora.

  • fabiana

    sem comentarios!!

    eco4planet para você para empresas
 
Quem somos
Na mídia
FAQ
Contato
Home page
Busca padrão
Como divulgar
Anuncie (mediakit)
Embedded
 
 
©2008-2017 eco4planet | Privacidade
©2008-2017 eco4planet | Privacidade